-

7 revestimentos que são a cara do Verão!

Os revestimentos têm diversas funções na arquitetura. Além de decorativos, podem auxiliar na manutenção e conservação. Em muitos casos, tornam o ambiente mais fresco, além de bem mais belo! São muitos os materiais e tipos de revestimento que se pode encontrar. Separamos pra você alguns que são a cara da nossa estação, a cara do Verão! Confira:

 

1. Porcelanato inspirado nas pedras naturais

O toque e a elegância inconfundíveis da pedra natural no porcelanato.

01 incepa-porcelanatoIncepa

 

2. Formas geométricas

Como tendência em todo o mundo, elas permitem criar novas possibilidades para os ambientes e projetos. Proporcionam um look descontraído e, ao mesmo tempo, sofisticado.

02 Portobello - imagem portobello pbl_amv_pietra_di_st_remy_mos_today_mesa_e_cadeirasPortobello

 

3. Pastilhas Mosaico

O exemplo da marca italiana Mosaico Piu mostra como as pastilhas de mosaico podem compor belos paineis com efeitos gráficos. A cara do verão!

03 mosaico piuMosaico Piu

 

4. Peças em relevo / textura

Elas se tornaram tendência decor e podem criar efeitos tipo painel. Hoje em dia, são diversas as opções no mercado.

04 porcelanato-portinariCerâmica Portinari

04 eliane-porcelanato_Creative NostalgiaEliane porcelanato – com baixo relevo, a textura lembra uma renda.

 

 5. Revestimento Cimentício

Os revestimentos feitos à base de cimento têm alta durabilidade e são ótimos para locais quentes, já que retêm bem pouco o calor. A aplicação desse tipo de revestimento deve ser feita na última etapa da obra, para que não seja danificado. É comumente usado em torno das piscinas, mas estão sendo cada vez mais aplicados em diversos tipos de ambientes internos, e os resultados podem ser incríveis.

05 CastelattoCastelatto

05 img_2_508$$1868

 

 

 6. Ladrilhos hidráulicos

Eles são queridinhos! Levam cor e acolhimento a ambientes como banheiros, cozinhas, áreas externas, espaços gourmet, sacadas, etc. São geralmente usados em detalhes, ou uma parede.

06

Mezanino gráfico, com painel de ladrilhos hidráulicos – projeto Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz.

06 decoracao_ladrilho_hidraulico

 

7. Falando em cores, o Rose Quartz foi eleita a cor da Primavera / Verão 2016. E por que não usar desse tom suave também nos revestimentos?

07 pantone-2016-31

 

E então, gostou?! Qual revestimento é a SUA cara? ;)

 

 

 

 

 

 

 

Conhecendo um pouco mais sobre o PÉ DIREITO DUPLO

A altura do pé direito duplo, que ultrapassa os 5 metros, traz imponência ao ambiente e uma sensação de liberdade para quem está nele! Essa técnica arquitetônica acrescenta diversas características e vantagens ao projeto.

A altura padrão das residências é de 2,70m; acrescentando forro e espessura da laje, fica perto dos 3m, sendo então o pé direito duplo de aproximadamente 6m. Os prédios comerciais e industriais são projetados de acordo com as necessidades de cada setor, e quase sempre são maiores do que o padrão residencial.

Anteriormente mais presente em edifícios públicos, comerciais e salões, o uso do pé direito duplo em residências aumentou a partir das décadas de 40 e 50, com intuito de se criar halls. Hoje em dia, a técnica é usada em projetos e ambientes variados.

Confira algumas características que o pé direito duplo proporciona:

01____Casa Cor Alagoas – projeto Amanda Vilela e Mariana Abdala – Cozinha com terraço.

02___

 

03___Casa ao Cubo – projeto Denise Barreto (Foto: Tuca Reinés).

03-salas-de-jantar-expostas-na-casa-cor-2014Casa Cor São Paulo – Rodrigo Costa e Alessandra Marques – Lounge Gourmet da Brastemp.

04___

 

05___


06___

loft.ind14Loft – projeto Diego Revollo

Para amenizar o desconforto acústico, ou eco que a altura elevada do pé direito pode gerar, basta fazer uso de materiais que abafam o som, como tecidos nas paredes, cortinas em tecido nas janelas, forros de gesso, móveis de madeira, tapetes.

 

 

 

Algarve – belezas de Portugal

A região de Algarve, em Portugal, é repleta de belezas naturais, culturais e arquitetônicas! As principais e agitadas cidades são Faro (capital da região), Lagos, Portimão e Albuferia. Os destinos mais tranquilos e igualmente belos são Aljezur, Olhão e Alcoutim.

albuferia PORTUGAL 2011  (Albuferia)

Em visita à quente e badalada cidade de Albuferia, as construções claras em vários desníveis chamam bastante atenção, e formam uma linda vista! A cidade foi povoada inicialmente pelos romanos, que a nomearam Baltum. Depois pelos árabes, que a batizaram Al-buhera (“pequena do mar”). O domínio mouro, que durou mais de cinco séculos, deixou muitas heranças arquitetônicas para o local.

A zona de Albuferia possui uma das maiores concentrações de bandeiras azuis (símbolo europeu para a alta qualidade das praias), e atrai muitos turistas por essas belezas naturais, águas cristalinas, pela pintura expressionista de João Bailote e pelo agito do local.

Pelas ruas, é possível observar a arquitetura Estilo chão, desenvolvido durante o domínio filipino em Portugal e Espanha, estilo com um estrutura clara e robusta, com superfícies lisas e pouca decoração.

lagos PORTUGAL 2011(Lagos)

O verão na região é bastante quente. Por isso, as fachadas são, em sua maioria, claras, proporcionando maior conforto térmico interno; além de uma vista incrível aos turistas encantados como eu!! :)

bolsa02 (1)

patri_17

patri_20

 

(Imagens: Betadecora e albufeira.pt)

 

CONTAINER na arquitetura

O container foi inventado em 1937 pelo americano Malcolm McLean, e revolucionou a indústria de transportes. Em vez de deixa-los abandonados, nada melhor que reaproveita-los para criar espaços, moradias, escritórios, cafés, hotéis, experimentando novos conceitos e desenhos no design e arquitetura; e com menores custos, se comparado a construções convencionais. Já há alguns anos, o container se tornou uma grande novidade no quesito reaproveitamento!

Feitos de aço, os containers são resistentes e têm longa durabilidade. Além disso, são leves e confeccionados sob uma padronização para o perfeito encaixe. Nas construções, é ideal forrá-los com isolante térmico. É possível usar tintas à base d’água, painéis solares, teto verde, entre outros elementos que tornam a construção ainda mais sustentável.

E ainda pode ser bem bacana unir o conceito do container a uma construção convencional já existente, readequando ou otimizando seu uso.

Confira alguns projetos super modernos pelo Brasil e pelo mundo:

CONTAINERCITY_2210000bContainer City, na Inglaterra. Concebida pela Urban Space, é um conglomerado de containers de vários formatos, encaixados flexivelmente, criando uma construção modular altamente versátil, que oferece acomodações elegantes e acessíveis para uma gama de utilizações.

 

9-sala-de-espera

 

10-sala-de-espera_agencia 99 cidade caboSala de espera da Agência 99c, na Cidade do Cabo, África do Sul – projeto Inhouse Brand Architects.

 

i265321

decameron_mk27Loja Decameron, em São Paulo – projeto Studio MK27.

 

container-house-9Casa de hóspedes, nos EUA – projeto Poteet Architects.

 

8-banheiro eco-transportavel casa cor bhBanheiro eco-transportável, Casa Cor Belo Horizonte – projeto Sérgio Viana e Jonathas Vallev (modificados para aproveitar a luz natural).

 

casaecozinha.com_casa_casacor_2015_conteinerCasa Container, Casa Cor SP 2015 – projeto Daniel Kalil e Karinna Buchalla. Casa completa, com deck e piscina.

 

cafe container sao pauloCafé Container, em São Paulo.

 

0t9a9533Cozinha Container – 13ª Expo Revestir – Projeto Vitor Penha. (Foto: Edu Castello)